quarta-feira, 18 de maio de 2011

Um pouco mais sobre a inflação: O aumento que vem de fora

Como esse é um tema meio complexo, com muitas informações, resolvi falar dele em mais de um post para não ficar um texto só, muito grande e massante.
Atualmente não é só o Brasil que vem passando por um certo descontrole das taxas de inflação. Se observarmos, países como a Inglaterra, que há muitos anos não tinham inflação acima de 2%, hoje estão com taxas de 4,5%. Há ainda a Alemanha, a França e a China, todos com taxas acima de suas respectivas metas.
Segundo os economistas, esse aumento de preço está ocorrendo por que as comodities, produtos primários exportados por países como o Brasil, têm tido altas sucessivas. Como elas são base dos produtos industriais, causam o aumento também destes e, assim, um ciclo inflacionário se cria. Como a economia está globalizada, a inflação também é globalizada.
Os EUA entraram em crise em 2008, todos entramos. Agora as economias voltam a crescer, demandam mais produtos primários, eles sobem e todos os países mais relevantes do planeta têm uma onda inflacionária em conjunto.
O que assusta, no caso do Brasil, é a indexação de nossa economia, como expliquei no post logo abaixo, e nossa longa cultura inflacionária. Muitos atores econômicos, quando percebem que há uma onda de aumento de preços, especulam e aumentam os seus, mesmo que não haja motivos aparentes que justifiquem essa atitude. Assim foi com a gasolina, por exemplo. Subiu no Brasil todo, mas a Petrobrás não remarcou os preços. Alguns usaram o aumento do preço do álcool para justificar, mas o percentual de álcool que têm na gasolina brasileira (25%) não era suficiente para uma remarcação tão grande e em cadeia, como a que houve.

Um comentário:

  1. sou seguidor de seu blog ,e considero muito bom seus textos,suas análises.tenho também um blog.não tenho sua capacidade nem sua formação,mas utilizo meu espaço como uma ferramenta para o exercício do pensamento critico,se puder de uma olhadinha e opine sobre minhas postagens ,seria um prazer ter sua análise em meu blog.

    ResponderExcluir