terça-feira, 15 de março de 2011

Brevemente, o caso do Japão

Estou impressionado com as imagens da tragédia japonesa. Incrível o poder de destruição da natureza, mas o planejamento humano conta muito para mitigar os efeitos desses desastres. Se isso tivesse ocorrido em qualquer outro país do mundo, estaríamos observando uma verdadeira emergência humanitária, sem precedentes. Admiro muito a capacidade de organização do Japão.

2 comentários:

  1. Realmente, as imagens são impressionantes, o número de vítimas fatais não chega a assustar tanto quanto, até mesmo porque o Japão se encontra em uma área propícia para a ocorrência de tais desastres naturais, por se localizar no encontro de três placas tectônicas (repetindo o que todos já sabem). O ponto onde quero chegar, é que o que está acontecendo, não é nada fora do normal, pois, o que acontece hoje, é que temos uma maior divulgação, com a presença dos meios de comunicação, que anteriormente não existiam. Daí pode-se tirar que terremotos e tsunamis dessa magnitude ou até mais elevados, sempre ocorreram no Japão, e continuarão acontecendo, opinando eu, que isso seja axiomático. Se me exaltei em algum momento, corrijam-me. Mas, concordando com o que foi dito no posto, a capacidade de "regeneração" e calma do Japão em um momento desastroso como esse, é bastante admirável.

    ResponderExcluir
  2. Concordo Flávio, vc está certíssimo. Na globalização qualquer evento mínimo torna-se grandiloquente. É, como eu gosto de dizer, sinal dos tempos!Hheeh!
    Abraço e obrigado pelo post.

    ResponderExcluir