sexta-feira, 2 de julho de 2010

O futebol e a nossa brasilidade.

Estou escrevendo esse post sob as emoções da derrota de nossa seleção contra a Holanda. Pensei em escrevê-lo várias vezes, mas acho que não há momento melhor do que esse.
Vou começar logo dizendo que não adianta, o futebol é INEVITAVELMENTE um componente importante de nossa brasilidade, de nossa nacionalidade. Irrita-me pseudo-intelectuais virem criticar isso demonstrando uma profunda insensibilidade e, por vezes, ignorância mesmo, desconhecimento do que forma uma nação. Cada país tem suas características e o processo histórico dá as peculiaridades de cada. Aqui o futebol é importante e ponto.
Isto posto, afirmo que não há nada de errado, repito, NADA, em vestirmos as cores nacionais e hastearmos bandeiras brasileiras por todos os cantos. Problema algum. Deixe o povo se manifestar e se sentir brasileiro. O errado é não fazermos isso no decorrer de outros períodos, mas você não repreende um aluno quando ele está fazendo certo. Por isso não critico nosso brasileirismo de Copa do Mundo. Noutra oportunidade criticarei a falta de nacionalismo em outros momentos, mas não agora.
Encerro dizendo que sou sempre brasileiro com muito orgulho e muito amor. Estou triste pela eliminação, mas tem nada não, 2014 a gente ganha.

3 comentários:

  1. É verdade professor, esperando para ver o artigo sobre a falta do nacionalismo, que está presente no ano todo, todos os anos, menos no ano de copa. E ainda mais, depois da copa todos ficam é com raiva do país. Real e lamentável. Espero o próximo post!

    Amo Mossoró e o Brasil!
    (asuhaushuauha)

    Té segunda ;D

    ResponderExcluir
  2. Confesso que desde 2006 fiquei meio assim sei lá, depois daquele fiasco da Seleção na copa passada. E por isso não me alegrei muito quando montaram essa "seleção" para buscar o hexa. Mesmo assim, isso não me impedia de bem lá no fundo mostrar o lado patriota (como o ex-técnico falava tanto) que tenho, mesmo sendo apenas futebol. Tem muita gente que não entendeu ainda, e, acho que não vai entender nunca, que futebol aqui no Brasil é cultura, arte, está no sangue, na alma. Prova disso é um vídeo que assisti no youtube, onde um adolescente (e muito marmanjo também) rasgava em pranto pela desclassificação da seleção. Isso é indiscutível. É a nossa Brasilidade tão conhecida e valorizada lá fora.

    Estou acompanhando seus posts sempre que posso.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu q acompanho diariamente o seu eficiente blog,dar-me o direito de lhe pedir: atualize esse blog.Valeu

    ResponderExcluir