sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Um pouco do que eu penso sobre a questão política aqui em Mossoró

Eu sempre tenho esboçado a minha opinião de que Mossoró, neste aspecto político, ainda não cresceu. Continua comportando-se como uma cidadezinha de 5 mil habitantes. Os que dirigem a cidade, sejam lá quem forem, têm que ter a consciência de que administrar quase 400 milhões de reais por ano não é algo que deve se fazer às escondidas. Sobretudo quando há na cidade emissoras locais de tv e rádio, embora nós saibamos que a imprensa daqui é toda mais do quê comprometida.
Dessa forma, é preciso dar clareza aos gastos públicos e debater com a sociedade, caso haja a necessidade de alguns cortes, quais serão mais apropriados. Será que é válido um orçamento tão grande para o gabinete da prefeita e para a propaganda? Julgo que, dificilmente, a população optaria pelos indefensáveis cortes na saúde, como os que estão sendo feitos.
Quem poderia dar uma grande ajuda nesse sentido seria a Câmara Municipal que, como já dito neste blog por mim outras vezes, simplesmente se furta do seu papel de legislar e de fiscalizar o executivo. Os vereadores acreditam que estão lá para balançar a cabeça, dizendo sim, sim e sim, salvo raras excessões. Neste ensejo eu gostaria de elogiar a participação de vereadores como Genivan Vale e Lahyre Neto, embora não guarde nenhuma simpatia por este último. Ter uma oposição que se comunica é vital para o desenvolvimento da democracia. Francisco José Júnior diz ser oposição, mas não consigo vislumbrar nele uma ação tão enfática quanto a dos dois outros.
O fato é que raramente trava-se debates substantivos em nossa cidade. Prefere-se, às vezes, fazer intrigas e propagar mentiras. Todo mundo sabe que a prefeita é uma mulher sem atitude. Isso é notório. Não votei nela, como jamais votaria em políticos como ela, mas respeito o jogo democrático. Ela foi eleita e tem que saber lidar com isso. Quem tá no poder tem que aprender a ouvir. Será que é útil discutir qualquer coisa nesse momento senão a total ingerência administrativa por qual passa a nossa cidade? Todos os anos quando é aprovada a lei do orçamento da união a imprensa nacional dá ampla divulgação. Aqui em Mossoró vocês ouvem falar alguma coisa sobre isso? Falta profissionalismo à imprensa também e desinteresse da maior parte dos mossoroenses, por certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário